quinta-feira, 16 de outubro de 2014



Hugo Rodas e Cia de Teatro Nu Escuro iniciam atividades do Curso de Licenciatura em Artes Cênicas, modalidade a distância.

Apresentação PLURAL – Cia de Teatro Nu Escuro. 17/10 – Sexta feira.
As 21h, no Teatro do Centro Cultural UFG (Praça Universitária).

Aula Magna com Hugo Rodas. 18/10 – Sábado.
As 11h, no Teatro da EMAC (Campus Samambaia).

ENTRADA GRATUITA

O curso de Licenciatura em Artes Cênicas, modalidade a distância, da Escola de Musica e Artes Cênicas (EMAC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) promove, neste final de semana, um conjunto de atividades para receber os 126 (cento e vinte seis) novos alunos e iniciar as atividades dos quatro pólos de ensino, abertos recentemente nas cidades de Alexânia, Cezarina, Inhumas e Uruaçu. Entre oficinas, comunicações e ações pedagógicas, duas atividades abertas à comunidade ganham destaque na programação. A apresentação do Espetáculo Plural, da Cia de Teatro Nu Escuro. E a Aula Magna ministrada pelo docente convidado Hugo Rodas – ator, diretor, dramaturgo e professor emérito pela Universidade Nacional de Brasília (UNB)

A Cia de teatro Nu escuro é um grupo de Goiânia, Goiás. Desde 1996 experimenta, investiga e vivencia as diversas formas do fenômeno teatral e mantêm repertório com peças apresentadas nos palcos nas ruas e em espaços alternativos como museus e galpões. A Cia busca realizar o teatro marcado pela forma horizontal através do teatro de grupo onde o público é o grande motivador de toda encenação.

PLURAL é a trama tecida pelas histórias de uma menina chamada Maria. Suas primeiras recordações remetem aos seus sete anos, onde se distraia brincando com uma boneca de milho no terreiro de sua casa, enquanto sua avó cozinhava no fogão a lenha e lhe falava pela janela. A narrativa segue costurando memória em memória, fiando do universo rural ao urbano, bordando histórias vividas e sentidas, com seus encantos, medos, violências, coragens, lamentos e alegrias. Uma trama sempre tensionada entre o drama e a poesia, o trágico e o humor.

Hugo Rodas foi especialmente convidado pela sua admirável capacidade de despertar o interesse e a responsabilidade implícita no ato criativo, bem como pelo reconhecimento necessário de sua singular trajetória dedicada a transmissão e atualização do fazer teatral.

Sobre Hugo Rodas*

O professor Hugo Rodas nasceu em 1939, na cidade de Juan Lacaze, no Uruguai. Chegou a Brasília em 1975 e ingressou na UnB como professor visitante, em 1987. Já em 1990, recebeu da instituição o título de Notório saber. Aposentou-se em 2009, mas continua dedicado à universidade na categoria de pesquisador associado. Fundou, com colegas do Departamento de Artes Cênicas da UnB, o Teatro Universitário Candango (TUCAN), uma espécie de incubadora de projetos cênicos. A iniciativa inseriu a universidade no espaço cultural do Distrito Federal e recebeu diversos prêmios. O professor também colaborou para a aprovação do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UnB, o primeiro do gênero na região Centro-Oeste. Atualmente, Hugo Rodas se dedica à formação de intérpretes no Programa de Pós-Graduação em Arte e no Laboratório de Dramaturgia. Na capital federal, Rodas foi responsável pela criação de companhias teatrais como o Grupo Pitu (1977-1981) e a Companhia dos Sonhos (1999-2005). Brasília retribuiu à altura, concedendo-lhe o título de Comendador da Ordem do Mérito Cultural do DF, em 1991, Oficial da Ordem do Mérito de Brasília, em 1993, e cidadão honorário de Brasília, em 2000. Entre as diversas premiações que recebeu ao longo de sua trajetória, está o prêmio Shell de melhor direção, em 1977, pelo espetáculo A Dorotéia, adaptado de texto de Nelson Rodrigues. Além disso, o professor estabeleceu bem-sucedidas parcerias com artistas consagrados como Zé Celso Martinez, Antonio Abujamra e Denise Stoklos.

* Texto UNB Agência.

FICHA TÉCNCA PLURAL

Direção Geral – Izabela Nascente
Assistente de direção – Lázaro Tuim
Pesquisa visual – Rô Cerqueira
Dramaturgia – Hélio Fróes, Abilio Carrascal e Izabela Nascente.
Atores/ Manipuladores – Abilio Carrascal, Adriana Brito e Eliana Santos.
Trilha sonora e preparação musical - Abilio Carrascal
Iluminação – Rodrigo Assis
Direção de vídeo – Rô Cerqueira e Lázaro Tuim
Projeção Mapeada – Lina Lopes

www.nuescuro.com.br
http://identidadenuescuro.blogspot.com/
PUBLICAÇÕES

Um comentário: